quarta-feira, 6 de abril de 2011

Tucanos lançam o "Troféu FHC"

Em memória às privatizações e ao atraso da "era FHC"
Depois de esconder ex-presidente, tucanos resolveram criar "Prêmio FHC"
O PSDB resolveu agora criar o “Prêmio FHC”, em mais uma ação para “resgatar” o legado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. A ideia é premiar gestores públicos e organizações não-governamentais que se destacarem em iniciativas consideradas inovadoras na área de gestão e políticas públicas.
A primeira premiação ocorrerá durante as comemorações do aniversário de 80 anos do ex-presidente, que será em junho. Haverá outras iniciativas, como um evento internacional organizado pelo Instituto Fernando Henrique Cardoso.
Os detalhes do prêmio foram discutidos nesta semana em São Paulo. O tipo de premiação ainda não foi definido. O partido analisa o que pode ser financiado com recursos do Fundo Partidário. Uma das alternativas é promover para os vencedores um intercâmbio em outros países para discutir experiências internacionais. Por enquanto, é certo que haverá um troféu para os agraciados com o prêmio.
A legislação que trata do Fundo Partidário não menciona premiações. Diz apenas que os recursos podem ser usados para propaganda doutrinária e política, alistamento, campanhas eleitorais e na criação e manutenção de instituto ou fundação de pesquisa e educação política. O partido analisa fazer uma parceria com o Instituto Teotônio Vilela, ligado ao PSDB, para dar a premiação.
Depois de esconder o legado FHC durante a campanha eleitoral de 2010, o PSDB tenta agora, com as urnas fechadas, enaltecer a gestão do ex-presidente.

Com Estadão

Um comentário:

  1. Sugiro o troféu Sunday de cocô com calda de cumelado.

    ResponderExcluir